Ins­ti­tu­ci­o­nal

O Desenvolvimento da Criação e sua Arte

bds_jaque_posts

Por Jaque­li­ne Fran­co

Dire­to­ra de Con­teú­do
21/11/2018

Des­de o café da manhã até o bei­jo de boa noi­te, vive­mos inun­da­dos de Arte. Duvi­da?

A colher que você usa para mis­tu­rar o açú­car, por exem­plo, teve seu design base­a­do na obser­va­ção de uma con­cha de molus­co.
Ao lon­go dos sécu­los, seu layout foi se apri­mo­ran­do e hoje exis­tem colhe­res de todos os tipos de mate­ri­ais, tama­nhos e fun­ções.
Veja que, para que um dia ela se tor­nas­se real no cam­po da maté­ria, alguém a ide­a­li­zou pri­mei­ra­men­te no cam­po men­tal.

E isso é Arte. 

Arte vem do latim Ars, que se tra­duz por habi­li­da­de. Pri­mei­ra­men­te, a Arte pode ser vis­ta no seu iní­cio em obje­tos úteis, até atin­gir um pata­mar mais ela­bo­ra­do, em fun­ções mais sutis, como trans­mi­tir emo­ções. A músi­ca que você ouve no car­ro, a cami­nho do tra­ba­lho, obe­de­ce a uma esté­ti­ca cri­a­ti­va, seja sono­ra, seja tex­tu­al, fru­to da pes­qui­sa e da sen­si­bi­li­da­de de alguém que pen­sa artis­ti­ca­men­te.

Obser­ve a estam­pa de sua rou­pa de tra­ba­lho.

Seja como for, ain­da assim a tra­ma do teci­do vem de uma cul­tu­ra mile­nar, pen­sa­da pri­mei­ra­men­te como obje­to de cri­a­ção. As cores que você esco­lheu tra­du­zem a emo­ção que você está sen­tin­do ou é um uni­for­me que fide­li­za as inten­ções da empre­sa?

Exis­te uma men­sa­gem aí, que quer ser trans­mi­ti­da. Esta tam­bém é a fun­ção da Arte. Esse exer­cí­cio de refle­xão é impor­tan­te para valo­ri­zar os esfor­ços de um dos mai­o­res dons da huma­ni­da­de: a Cri­a­ti­vi­da­de.

É da Cri­a­ti­vi­da­de que se ser­ve a Arte, que por sua vez, ori­gi­na tudo que está a nos­sa vol­ta e com­põe o nos­so dia-a-dia. Olhan­do assim, os momen­tos tor­nam-se mais vali­o­sos, não é mes­mo?

Pen­se em quan­to talen­to exis­te em sua vol­ta e em você mes­mo. E per­mi­ta que o Buon­gi­or­no faça
par­te dos seus sonhos.

Aqui temos Arte.

E, aci­ma de tudo, mui­ta Cri­a­ti­vi­da­de.

Seja bem-vin­do.

Continue por aqui com esses artigos

alan@buongiornodesign.studio
+55 16 997.061.022